Brenda Moura · Cultura · Curiosidade · mundo · netflix · Séries

The People v. OJ Simpson – American Crime Story

Olá gente, tudo bem? Hoje vou falar de uma série que terminei de assistir no fim de semana, e que me surpreendeu positivamente: The People v. OJ Simpson: American Crime Story! 

american-crime-story-simpson-01 2017 brenda manéa blog loucuras de julia

Falando sobre a série, American Crime Story é uma série de televisão americana antológica de crimes reais desenvolvida e é, na verdade, um spin-off de American Horror Story. Foi transmitida originalmente pelo canal fechado FX nos EUA e no Brasil e já tem também disponível na Netflix.

A primeira temporada, sobre a qual falarei e que tem como subtítulo “O Povo vs. O. J. Simpson”, foca no julgamento de O. J. Simpson, baseada na obra de Jeffrey Toobin, The Run of His Life: The People v. O. J. Simpson.

A segunda temporada está em desenvolvimento, e focará no Furacão Katrina e suas consequências.

A terceira temporada, confirmada ainda em 2016, contará sobre o assassinato de Gianni Versace. A trama será baseada na obra “Vulgar favors : Andrew Cunanan, Gianni Versace, and the largest failed manhunt in U.S. history” de Maureen Orth.

Para a quarta temporada, Ryan Murphy vai se inspirar na obra “A Vast Conspiracy: The Real Sex Scandal That Nearly Brought Down a President” sobre o escândalo entre o presidente Bill Clinton e Monica Lewisnky. Murphy já está entrevistando atrizes para o papel de Lewisnky e Linda Tripp.

Em janeiro de 2017 foi anunciado que a segunda temporada (Katrina) não será lançada até 2018 por falta de material e por isso a terceira (Versace) sairá apenas seis meses após a segunda.

american crime story - simpson 02

Eu achei interessante o modo como a série mostrou todos os lados igualmente: o lado do OJ, de sua defesa, o lado do Ron Goldman, mostrando o sofrimento do pai durante o julgamento e como o pai mesmo fala que ele foi esquecido, e que tudo girava em torno de Nicole e OJ, o lado da família da Nicole e a promotoria, que acusava o OJ.

american crime story - simpson 03

A série começou a engrenar mais a partir do episódio 4, que foi quando realmente começou a parte de julgamento e todas as estratégias, tanto de um lado quanto de outro. Mas sinceramente? Achei o veredito extremamente injusto, pois a promotoria tinha várias provas que teriam colocado o OJ na cadeia. Mas eles não contavam com o “time dos sonhos” que foi montado por OJ para defendê-lo. Eles que controlaram o rumo final do julgamento, que acabou sendo mais um julgamento sobre como a polícia de Los Angeles é racista, do que propriamente as mortes. Mas isso, foi tudo pela grande influência da mídia, e o advogado principal, Johnnie Cochran, usou e abusou disso para inocentar seu cliente.

american crime story - simpson 04

Destaque para as excelentes atuações do elenco, especialmente da Sarah Paulson (que deu vida a Marcia Clark) e para Cuba Gooding Jr., que deu vida a OJ Simpson. Todo o elenco se saiu super bem e deu a série uma cara bem mais realista.

american crime story - simpson 05

OJ tinha diversas denúncias de violência doméstica feitas por Nicole, e ela, inclusive, segundo relatos de pessoas próximas, dizia que um dia, ele iria matá-la. E para mim, realmente foi ele quem matou, mas seus advogados fizeram um excelente trabalho e o livraram dessa. O único que ficou com o pé atrás e até parou de falar com OJ desde que ele saiu da cadeia, foi Robert Kardashian (que morreu de câncer, em 2003). Inclusive, ele disse após o julgamento que tinha sérias dúvidas se OJ era realmente inocente. E na série, nós começamos a ver o desespero de Kardashian, quando OJ fala que é inocente, quando os outros advogados falam que ele é inocente… Ele fica com cara de paisagem e pensando: e se ele não for inocente e nós estivermos livrando um assassino?

american crime story - simpson 06

Como eu relatei acima, o caso teve uma grande cobertura da mídia, mas a mídia já estava a todo vapor antes mesmo do julgamento. Em 17 de Junho de 1994, quando foi acusado pelo duplo homicídio, Simpson desapareceu depois de deixar com amigos uma carta que anunciava seu desejo de suicídio. Foi perseguido pela polícia por 96 quilômetros, trancou-se durante horas em seu carro e em seguida se entregou. A perseguição a Simpson ganhou grande cobertura da mídia, e dividiu as atenções com os eventos desportivos que aconteciam naquele mesmo dia, como a abertura da Copa do Mundo FIFA e o quinto jogo das finais da NBA entre New York Knicks e Houston Rockets.

american crime story - simpson 07

Agora, alguns números e curiosidades sobre o julgamento:

  • Foram ouvidas 133 testemunhas.
  • A palavra sangue, a mais citada, foi pronunciada 15 mil vezes no julgamento.
  • Aconteceram 16 mil objeções durante o julgamento.
  • Os autos tinham 50150 páginas, e 1 milhão de linhas escritas.
  • 20 milhões de pessoas assistiram o julgamento pela televisão. O anúncio do veredito bateu o recorde de audiência da chegada do homem à Lua, e do funeral do presidente John Kennedy, recordes antes quebrados em abril de 1973 com o show de Elvis Presley no Havaí.
  • A promotora Marcia Clark foi quem mais falou no julgamento: 37 mil palavras. Em segundo lugar, ficou o principal advogado de defesa, Johnnie Cochran, com 33 mil palavras.
  • O advogado de Simpson, Johnnie Cochran, foi acusado pela ex-mulher, num livro, de tê-la espancado com frequência. Ele era também advogado de Michael Jackson.
  • O juiz Lance Ito é filho de 2 imigrantes japoneses que se conheceram num campo de concentração para japoneses nos EUA, durante a Segunda Guerra Mundial.

american crime story - simpson 08

Enfim, eu sugiro e muito que vocês assistam a série e busquem informações fora. A série, na verdade, te instiga a fazer isso. E claro, tirem suas próprias conclusões sobre o veredito final. Hehe

Espero que tenham gostado, um grande beijo e até a próxima semana!

selo-brenda-moura

Fontes: Wikipedia O. J. Simpson; Wikipedia American Crime Story 

Anúncios

6 comentários em “The People v. OJ Simpson – American Crime Story

    1. Excelente mesmo, fiquei surpresa com a qualidade da série, com as buscas feitas e principalmente, por ela instigar a buscar mais e mais a história e tirar suas próprias conclusões sobre o desfecho.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s