Brenda Moura · Cinema · Cultura · Filmes · História

Julieta

Olá gente, tudo bem? Hoje vou falar sobre um filme que eu assisti semana passada e que particularmente, me surpreendeu bastante: Julieta, de Pedro Almodóvar!

Julieta é uma mulher de meia idade que está prestes a se mudar de Madri para Portugal, para acompanhar seu namorado Lorenzo. Entretanto, um encontro fortuito na rua, com uma antiga amiga de sua filha Antía, faz com que Julieta repentinamente desista da mudança. A trama se desenvolve a partir daí, onde a personagem-título é mostrada em fases distintas de sua vida – marcadas por episódios trágicos.

julieta-01

Gente, sinceramente… Esse é o filme mais lindo, triste e emocionante que já assisti. A história é um tanto quanto tensa e até mesmo curiosa em alguns aspectos. É um retrato sobre culpa, sobre o passado e sobre passagem do tempo. Sobre deslocamentos, arrependimentos e, acima de tudo, sobre a dor humana e até onde vai a nossa fragilidade. É muito interessante como Almodóvar nos mostra várias faces de uma mesma pessoa, como as lembranças do passado podem afetar a vida de algum modo e como é difícil superar sentimentos de dor e culpa.

julieta-02

Na primeira parte do filme, vemos uma Julieta aparentemente feliz, com seu relacionamento e sua mudança para Portugal. Logo depois, somos transportados ao encontro que muda todo o rumo de história que traçamos na cabeça. O filme dá uma reviravolta, onde vemos Julieta desistindo do que planejava há pelo menos 1 ano, para poder relembrar seu passado e tentar entender onde foi que as coisas se perderam. Onde foi que ela perdeu a filha que tanto amava. E tudo começa, com uma carta onde ela nos conta o que aconteceu no passado dela.

julieta-03

No decorrer do filme, nos deparamos com a jovem Julieta, professora de literatura clássica, e acompanhamos a trajetória dela. Ela estava viajando quando um homem, aparentemente suspeito, começa a puxar assunto com ela. Ela desvia e diz que precisa andar. Quando chega ao restaurante do trem, ela conhece Xoan, um pescador. Os dois iniciam uma conversa, até que o trem faz uma pequena parada para que todos possam esticar as pernas.

Então, logo após, acontece uma coisa inusitada: o homem aparentemente suspeito que tentou conversar com Julieta acaba se jogando na frente do trem. Julieta começa a carregar a culpa dentro de si, pois acha que se ela tivesse conversado com ele, talvez teria mudado o rumo da história. Depois disso, ela e Xoan vão para o vagão, e ali inicia-se um romance. Eles passam um tempo sem se ver, até que ele envia uma carta para ela dizendo que quer vê-la. Ela sem hesitar, vai visitar o rapaz e quando chega, recebe a notícia de que a mulher de Xoan, que estava doente há anos, havia falecido.

julieta-04

Os dois engatam de vez o romance, e nesse meio tempo, ela já estava grávida dele, mas não havia contado, pois não sabia qual seria a reação dele. Ele ficou muito feliz e nasceu Antía. Vemos um pouco da infância e pré-adolescencia dela, conhecemos os pais de Julieta, e vemos o amor de Xoan e Julieta crescer cada dia mais. Em um dia, eles resolvem mandar Antía para um acampamento de férias, para que ela se distraia. E aí acontece uma tragédia, que mexe com a vida de todos: Xoan acaba se envolvendo em um acidente de barco e o resto vocês já imaginam.

A partir daí a história começa a tomar outros rumos. Antía faz amizade com Beatriz, no acampamento. Pede para a mãe se ela pode ir a Madrid, passar o resto das férias com ela. Julieta autoriza, mas logo viaja para contar a filha o que houve. As duas resolvem se mudar para Madrid, para viver uma nova vida e tentar suportar a perda, e aí começamos a ver uma Julieta envelhecendo aos poucos, totalmente perdida e depressiva, porque perdeu Xoan. Antía sempre cuidou da mãe, mas quando fez 18 anos, resolveu que queria ir para um retiro espiritual. Até aí tudo bem, mas então mais uma reviravolta ocorre: quando Julieta vai buscar a filha, descobre que ela sumiu e o pior – não quer que ela saiba para onde foi. Julieta fica doida, passa anos procurando pela filha, sem sucesso. E não conseguimos entender o porquê disso.

julieta-05

Julieta nos corta o coração contando sua versão dos fatos. Até que, descobrimos o porquê Antía fez o que fez. Mas isso eu não vou contar, muito spoiler do filme (e eu já dei alguns, mas não deixem de assistir, hahaha). Enfim, no desenrolar da história, conseguimos compreender os dois lados da história, o porquê de toda a culpa e toda a dor. E isso mexe muito com as emoções de quem assiste, pois nos colocamos no lugar das duas e não conseguimos dizer quem estava certa ou não. E o final do filme deixa margens para imaginarmos finais diferentes, sem saber o que realmente se passou depois daquilo. E essa é a parte mais genial do filme.

julieta-06

Não poderia deixar de comentar sobre o excelente trabalho das atrizes que viveram Julieta (Adriana Ugarte – Julieta jovem/ Emma Suárez – Julieta velha). Percebemos várias diferenças na interpretação, já que uma nos mostra uma Julieta cheia de vida, radiante e bela e a outra, nos mostra uma Julieta abatida e silenciosa. Mas ambas são maravilhosas. E deixar o filme com protagonistas mulheres foi. ❤

julieta-07

Outro ponto a destacar no filme são as cores. Almodóvar consegue nos mostrar duas versões diferentes do mesmo lugar, apenas mudando cores. E sinceramente, são cores maravilhosas, de encher os olhos de quem vê. E a fotografia do filme também não fica muito atrás, tudo de altíssimo nível.

julieta-08

Para encerrar minha crítica e dica de hoje, se vocês buscam um filme de drama que te deixe sem palavras, assistam “Julieta. É com certeza um dos trabalhos dele que mais me impressionou, assim como “Tudo Sobre a Minha Mãe”. Almodóvar é um diretor ousado, dramático, que consegue dosar alegria e dor e nos entregou de presente esse belo e triste filme.

julieta-09

PS: No sábado, dia 24/09, Almodóvar completou 67 anos! Parabéns e fica aqui minha singela homenagem ao um dos grandes nomes do cinema mundial! 

Um grande beijo e até a próxima segunda!!

selo-brenda-moura

Fontes: Adoro Cinema; Brasil Post

Anúncios

10 comentários em “Julieta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s