Cultura · Curiosidade · Fotografia · Gabriel Moura · mundo

A Foto

Olá tudo bem? Essa semana foi divulgada, pela revista do Exército Americano – Military Review, essa foto: Essa foto é o último registro de Hilda Clayton, especialista em informações visuais do Exército dos Estados Unidos, tirada em julho 2013 durante um treinamento no Afeganistão. Segundo fontes oficiais, um morteiro explodiu acidentalmente matando, além de Hilda, outros… Continuar lendo A Foto

Clássico · Cultura · Rock · Vamos falar de coisa boa · Vídeos

Vamos falar de coisa boa #94

Olá galerinha, tudo bem? O mega clássico da semana vem diretamente de 1987 e foi indicado pelo Jonas Soares. Muito obrigada! 😀 Esta música entra naquele gênero de “todo mundo conhece”, pois é muito boa e agrada a todos. Adoro ela, já o videoclipe eu considero meio machista… Se você assistir, vai entender o porquê, rs.… Continuar lendo Vamos falar de coisa boa #94

2016 · Blog · Brenda Moura · Conhecimento · cotidiano · Cultura · Curiosidade · Dicas · Divulgação · Entretenimento · História · Humor · Ideias · Inspiração · Loucuras · Rotina · Séries · Seriado · Vídeos · Youtube

Orange is the New Black

Olá gente! Nessa segunda falarei sobre uma das séries de sucesso do momento e que eu também adoro: Orange is the New Black.

Orange is the New Black baseia-se na história real de Piper Chapman, uma mulher cuja vida aparentemente perfeita é virada de cabeça para baixo, quando deve cumprir pena em um presídio feminino por crime de tráfico de drogas cometido há anos.

Ao chegar na prisão, ela tem que se adaptar a essa nova vida, com as detentas, comida ruim, a falta de amizade, enfim, a todas as “maravilhas” que uma prisão pode lhe oferecer. E como se não bastasse isso, sua ex-namorada que a dedurou para a polícia, está na mesma prisão que ela.

Eu adoro a série, pelo desenvolvimento que ela ganha a cada temporada, pelos novos elementos que são acrescentados a ela e que mudam os rumos da história, etc. Mas, sinceramente, acho que a história da Piper é uma das menos interessantes da série, pelo menos nas duas primeiras temporadas.

Alguns personagens secundários como a russa Red, que tem uma história com a máfia, a transexual Sophia Burset, que tem problemas com o filho, Suzanne (ou Olhos Loucos), que é considerada como a “louca da prisão”… Essas personagens têm histórias melhores do que a da própria Piper. E ao longo da série, elas só melhoram.

Mas o fato é que a partir da terceira temporada, vemos uma Piper diferente, uma Piper que faz jus ao fato de estar presa, que começa a mostrar que ela não é aquela patricinha mimada que vimos no começo.

Digo que a terceira e quarta temporadas são as MELHORES da série, pois todas as personagens começam a se desenvolver mais, trazendo conflitos e boas doses de humor e drama. Um ponto que é forte na série e que para mim é uma das coisas mais interessantes, são os flashbacks que ocorrem, mostrando o passado das presas, o motivo de elas estarem ali, vivendo aquilo naquele momento.

Um fato legal de comentar é que a abertura da série é feita com presas de verdade!

Para encerrar, digo que para quem não assistiu, vale a pena começar e para quem já assistiu… Vamos esperar pela quinta temporada né? Hehe

Deixo a abertura da série aqui, e espero que vocês tenham gostado! Até a próxima segunda!

selo-brenda-moura

Fonte: Minha Série