Blog Go Fashion · Curiosidade · História · Moda

A história do blazer

Em um passado ao qual o “papel” de cada sexo era bem definido, homens e mulheres se vestiam de maneiras totalmente distintas. Dessa forma, o cavalheiro da era vitoriana (segunda metade do século XIX) não seria confundido com a sua mulher, que vestia uma saia em forma de sino e cintura de vespa.

Portanto, foi aproximadamente neste período que surgiu uma peça masculina que se assemelhasse ao blazer. 

Ainda no século XIX, remadores em prestigiosas faculdades inglesas como Oxford e Cambridge usavam um tipo de blazer como parte de seu uniforme de aquecimento. Mas o modelo original está muito longe dos que conhecemos hoje.

Naquela época, os blazers não tinham ombreiras ou forro nas costas. Sua principais características que são consideradas como originais até hoje eram os três botões, além da confecção em cores vivas e alegres. 

A história do blazer tem outras versões e datas de surgimento, mas acredita-se que ele surgiu neste período do século XIX por conta desses trajes semelhantes à peça. 

Em torno do ano de 1910, nasceu o movimento sufragista. Com uma postura firme e forte, suas adeptas exigiam que o governo inglês permitisse a participação das mulheres na vida política.

Nesse meio tempo, as sufragistas adotaram um estilo de jaqueta e saia que se tornou a sua marca, conjunto então chamado de “terno sufragista”. Como a projeção do grupo para além da política, esse modelo veio a ser uma verdadeira inspiração para a moda feminina. E foi justamente nessa estética que Coco Chanel se inspirou.

A estilista Coco Chanel tem um papel importantíssimo nesta época. Ela é tida por muitos como a criadora do primeiro modelo de terninho feminino. Contudo, o conjunto de blazer com saia denominado tailleur – o modelo eternizado por Chanel, não levava calças. Mas de qualquer forma, o modelo representou uma verdadeira revolução na moda.

De antemão, a estilista se ligava de vez ao tema da emancipação das mulheres. E por muitos anos Chanel defendeu essa estética masculina às mulheres, como forma de libertação. Esse movimento foi essencial para a história da moda.

Acima de qualquer coisa, Coco Chanel criou uma peça que se ajustava com perfeição à mudança no estilo de vida das mulheres. Saias não eram nada práticas, já que na época estava acontecendo a Primeira Guerra Mundial e muitas mulheres tiveram que trabalhar.

tailleur foi apresentado por Chanel em uma pequena exposição em Paris no ano de 1925. Assim, apesar de ter desenhado o seu primeiro modelo em 1914, ele apenas caiu no…


Confira o texto completo no Blog Go Fashion

2 comentários em “A história do blazer

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s