Anos 60 · Blog Go Fashion · Feminismo · História · Moda

A história da minissaia e o empoderamento feminino

minissaia, sem dúvidas, é uma das peças mais queridinhas e atemporais do guarda-roupa feminino. Mas você conhece a sua importância histórica na moda? Então fica aqui que eu vou te contar tudo…

Até a década de 60, a imagem da mulher era como a famosa frase “bela, recatada e do lar”. Qualquer comportamento diferente disso era visto com maus olhos pela sociedade. E foi nessa época, em meados de 60, que a minissaia surgiu como uma afronta a esse perfil feminino. Por consequência, suas saias longas e comportadas foram substituídas por saias menores – na altura do joelho ou mais curtas. Sim, foi uma rebeldia pra época.

Após a Segunda Guerra Mundial (1939-1945), houve uma explosão de nascimentos de bebês, os famosos “baby boomers”. Então na década de 60, o mundo estava cheio de jovens querendo mudanças, vivendo o movimento da contracultura, que foi responsável por contestar padrões conservadores da época. Ainda nesse período, outros acontecimentos foram fundamentais para o espírito revolucionário desses jovens: a ida do homem à Lua, a segunda onda do feminismo e a comercialização da pílula anticoncepcional nos Estados Unidos.

A moda e as tendências sempre foram um reflexo do comportamento da época, ao longo de toda a história da humanidade. Ou seja, as roupas mudam conforme surgem novos valores da sociedade e, nesse caso, estamos falando de um contexto jovem de insatisfação política.

Foi também em meados de 1960 que a alta-costura, caracterizada por peças luxuosas feitas sob medida, entrou em decadência, e o prêt-à-porter caracterizado pela produção em larga escala, teve a sua ascensão. Por consequência, a saia longa precisava perder pano para se tornar mais funcional e mais barata para um grupo de mulheres jovens e feministas.

No entanto, a origem da minissaia ainda é um tanto incerta. Os historiadores não têm certeza sobre quem realmente quem criou ou começou a produzir as minissaias, que estavam aparecendo em filmes e revistas que abordavam o tema da emancipação feminina da época. Porém, dois estilistas considerados precursores desta peça ficaram em destaque…


Confira o texto completo no blog Go Fashion

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s