Cultura · Curiosidade · futebol · Gabriel Moura · politica

Futebol e política

Olá, tudo bem?

Além de ser uma competição esportiva importante, a Copa do Mundo também é palco de manifestações políticas.

jogadores kosovo comemoração na copa do mundo bandeira albania gabriel moura 2018 blog loucuras de julia 01

Na segunda rodada do Grupo E, o mesmo do Brasil, a Suíça venceu a Sérvia pelo placar de 2 a 1. Shaqiri e Xhaka marcaram para os suíços e na comemoração ambos fizeram o mesmo gesto: juntaram as mãos e representaram a bandeira da Albânia, uma águia negra de duas cabeças.

A FIFA repreendeu os jogadores com uma multa de 10 mil francos suíços (cerca de 38 mil reais) para cada um. Mas o que a bandeira da Albânia tem a ver com os jogadores suíços e por que a FIFA multou esses jogadores?

jogadores kosovo comemoração na copa do mundo bandeira albania gabriel moura 2018 blog loucuras de julia 02

A região do Kosovo fica dentro do território da Sérvia e declarou independência de forma unilateral (sem o aceite da Sérvia) em 17 de fevereiro de 2008. Como os sérvios não reconheceram esse ato e ainda consideram Kosovo como parte do país, o clima entre os dois povos é pesado desde então. Mas para entender a situação dentro do campo é preciso olhar para a história dos jogadores.

Xhaka nasceu na Suíça, mas é filho de pais kosovares, enquanto que Shaqiri é mesmo do Kosovo, assim como o volante Behrami, e se naturalizou suíço para jogar pela seleção. O pai de Xhaka já foi preso político da Iugoslávia (a Sérvia é um dos países da antiga Iugoslávia) por três anos e meio após participar em 1986 de manifestações contra o governo comunista de Belgrado, atualmente capital da Sérvia. Ele era estudante de uma universidade do Kosovo, que era então uma província autônoma da Iugoslávia.

jogadores kosovo comemoração na copa do mundo bandeira albania gabriel moura 2018 blog loucuras de julia 03

Então, quando marcaram seus gols, Xhaka e Shaqiri resolveram homenagear a bandeira da Albânia, uma vez que a maioria do povo do Kosovo tem ascendência albanesa. O Kosovo faz fronteira com a Albânia. A comemoração foi vista como desrespeito pelos sérvios e a FIFA decidiu intervir para evitar novas manifestações políticas nos jogos da Copa.

Entre aqueles que concordam ou discordam há aqueles que, como eu, acreditam que mesmo não sendo o palco principal para manifestações políticas, a Copa do Mundo reúne povos de vários cantos do mundo e qualquer tensão extra no campo acaba encontrando visibilidade.

jogadores kosovo comemoração na copa do mundo bandeira albania gabriel moura 2018 blog loucuras de julia 04

Mas algo impensável aconteceu: o governo do Kosovo organizou uma “vaquinha” para pagar a multa dos jogadores como forma de agradecer pela homenagem, e em menos de 24 horas, 25 mil francos suíços já haviam sido recolhidos. Os jogadores envolvidos informaram que doarão o dinheiro para instituições de caridade. Incrível!

Até a próxima!

selo-gabriel-mouraConheça também meu blog pessoal: Resumo de Livro
Facebook / Twitter / gabrielmoura29@gmail.com

.


Acompanhe o blog também pelo Facebook: Loucuras de Julia
E pelas redes sociais: Instagram / Twitter


 

 

 

 

4 comentários em “Futebol e política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s