Conhecimento · Cultura · Curiosidade · Gabriel Moura

Xingar com erudição

Olá, tudo bem?

As últimas discussões do Supremo Tribunal Federal apresentaram uma peculiaridade: o culto xingamento.

xingar com erudição dicionário de insultos xingamentos 2018 gabriel moura blog loucuras de julia 01

O Ministro Barroso, ao se dirigir ao Ministro Gilmar Mendes proferiu as seguintes palavras: “Me deixe fora desse seu mau sentimento. Você é uma pessoa horrível. […] O senhor é a mistura do mal com o atraso e pitadas de psicopatia. […] É bílis, ódio, mau sentimento, mal secreto, é uma coisa horrível”. Infelizmente a Ministra Carmen Lúcia encerrou a sessão, e não proporcionou a continuação desse xingamento entre “lordes”.

Mas você sabia que existem dicionários sobre a arte do bom insulto? Um deles é de Luís Milanesi, autor de Dicionário Brasileiro de Insultos (Ateliê Editorial, 2002). O autor compilou aproximadamente 3 mil termos. Entre as expressões temos: reverendíssima besta; onagro (burro); mentecapto (louco, idiota) e sevandija (quem vive às custas dos outros).

Além de descobrir como xingar com educação, ele também descobriu que não deve chamar ninguém de “babaca”, uma vez que ele carrega um preconceito embutido ao falar pois o termo é uma variação de “tabaca”, que designa o órgão sexual feminino.

xingar com erudição dicionário de insultos xingamentos 2018 gabriel moura blog loucuras de julia 02

Já o escritor português Sérgio de Carvalho buscou a origem de 600 insultos e lançou o Dicionário de Insultos (Planeta, 2014). Para ele insultar é importante porque “é uma sauna para a alma”, traz alívio. Ele inclusive incorporou alguns xingamentos brasileiros, já que por conta das novelas brasileiras que passam em Portugal, esses xingamentos se tornaram comuns. Ele dá algumas dicas: ao invés de chamar alguém de ladrão diga: filibusteiro; um burocrata será um manga-de-alpaca; e uma pessoa diabólica é mefistofélica.

Há muitas formas de insultar alguém. O jeito grosseiro, que é o que a maioria faz, em casa, no trabalho, no trânsito, etc. e a forma “polida”, elegante, o insulto fino. Assim como o esporro silencioso, o insulto elegante dói mais do que simplesmente mandar uma pessoa para algum lugar que ela definitivamente não quer ir, mas que sabe onde fica.

xingar com erudição dicionário de insultos xingamentos 2018 gabriel moura blog loucuras de julia 03

Esses insultos eram comuns nos parlamentos do século XIX e início do século XX, mas com a queda de “qualidade” dos políticos, até mesmo nos mais distintos locais públicos, a baixaria já tomou conta. Mas o Ministro Barroso demonstrou que ainda guarda algumas cartas na manga.

xingar com erudição dicionário de insultos xingamentos 2018 gabriel moura blog loucuras de julia 04

Enriqueça seu vocabulário:

Dendroclasta – agressor da natureza;
Futre – avarento
Jacobeu – hipócrita
Réprobo – perverso, malvado
Valdevino – vagabundo

Até a próxima!

selo-gabriel-mouraConheça também meu blog pessoal: Resumo de Livro


Acompanhe o blog também pelo Facebook: Loucuras de Julia


Fonte: BBC

8 comentários em “Xingar com erudição

  1. Rsrs pura diversão. Gostei!
    No parlamento português tb se xinga com muita educação. Rsrs
    Lembrei daquele cidadão q lançou os sapatos em direção a um político. Isso senfo um grande insulto. Kkkk
    Concordo que lava a alma. Basta uma vez. Kkkk

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s