Brenda Moura · Cultura · indicação · Livros

Sorte ou Azar? (2007)

Olá gente, tudo bem?

Hoje, falarei sobre minha primeira leitura deste ano: “Sorte ou Azar?” da Meg Cabot!

sorte ou azar meg cabot livro indicação resumo brenda manea 2018 blog loucuras de julia 01

A falta de sorte parece perseguir Jinx onde quer que ela vá e por isso ela está tão animada com a mudança para a casa dos tios, em Nova York. Talvez, do outro lado do país, Jinx consiga finalmente se livrar da má sorte. Ou, pelo menos, escape da confusão que provocou em sua pequena cidade natal.

Mas logo ela percebe que não é apenas da má sorte que está fugindo. É de algo muito mais sinistro… Será que sua falta de sorte é, na verdade, um dom, e a profecia sob a qual ela viveu desde o dia que nasceu é a única coisa que poderá salvá-la?

sorte ou azar meg cabot livro indicação resumo brenda manea 2018 blog loucuras de julia 02

Então gente, eu já li esse livro 2 vezes durante minha vida. Uma vez, li enquanto estava na escola e a segunda foi agora, no início desse ano. A grande questão é: para quê ler o mesmo livro de novo? E a resposta é bem simples: esse livro é MUITO amorzinho. ❤

Ele nos conta a história da Jinx, que sempre foi tida como azarada por sua família e amigos, e por conta disso, recebeu esse apelido (“Jinx” significa “azarada”, “mau agouro” em inglês). Seu nome verdadeiro é Jean, que como ela mesma diz no início da história: “Olha só o meu nome: Jean. Não Jean Marrie, nem Jeanine, Jeanette ou mesmo Jeanne. Só Jean. Sabe que na França os garotos são chamados de Jean? É João em francês. Tudo bem, não moro na França. Mas mesmo assim. Sou basicamente uma garota que se chama João. Pelo menos seria, se eu morasse na França.

sorte ou azar meg cabot livro indicação resumo brenda manea 2018 blog loucuras de julia 03

Então, ela começa a nos contar sobre sua saga de azar, que era tão grande que fez com que a mesma precisasse mudar-se para Nova York, para a casa de seus tios, devido a alguns problemas em sua cidade natal, Hancock. A mudança de ares a deixa muito feliz, ainda mais que parece que uma coisa boa irá acontecer em meio ao seu azar. Mas mal sabia ela que seus problemas apenas começariam… Quando sua prima, Tory, completamente diferente da garota que Jinx se lembrava, compartilha com ela seus conhecimentos sobre a possível magia que corre em suas veias, herança de uma tata-tata-tata-tataravó irlandesa e bruxa, morta em uma fogueira por praticar feitiçaria.

Estaria Jean pronta para encarar seus maiores temores?

sorte ou azar meg cabot livro indicação resumo brenda manea 2018 blog loucuras de julia 04

O livro é muito interessante, pois junta um assunto sério (bruxaria) com elementos humorísticos que deixam a história super leve e divertida de se ler. É o tipo de livro que a gente começa e não consegue parar, de tão bem que a leitura flui.

E claro, tem aquele “romancezinho” bem fofo, que nos deixa bem bobinhas e torcendo por um final lindo. Hahaha

Eu gosto dessa temática de bruxaria, acho que sempre rende boas histórias, mas o que mais me deixou feliz com esse livro é que a Jean trata de questões bem importantes quando falamos nesse assunto: o livre-arbítrio e a religião como um culto à natureza, e não uma prática satânica.

sorte ou azar meg cabot livro indicação resumo brenda manea 2018 blog loucuras de julia 05

O ponto mais alto do livro para mim, sem dúvidas, é a Jinx. Ela é aquela personagem tão humana, tão fofa e tão “amorzinha”, que é impossível não gostar dela. Mas, ela se envolve em várias situações que poderiam ter sido facilmente evitadas, se não fosse por sua ingenuidade. Ingenuidade essa, que acontece por apenas um motivo: Jean é aquela que sempre procura enxergar o que há de melhor em cada um, esquecendo-se que as pessoas podem ter o seu lado maligno.

Por outro lado, temos uma personagem bem odiável, diga-se de passagem: a prima de Jean, Tory. Sabem aquele tipo de pessoa que sempre precisa passar por cima de tudo e todos para ter o que quer, que tem que mostrar poder para se auto afirmar, mas claramente tem sérios desequilíbrios emocionais? Essa é a Tory. Quando vocês lerem, perceberão claramente o que falei aqui.

sorte ou azar meg cabot livro indicação resumo brenda manea 2018 blog loucuras de julia 06

Sobre os outros personagens, eu amei a família de Tory, que são totalmente o oposto dela: seus pais, que pouco aparecem, mas que quando aparecem são super legais; os irmãos fofos, a “au pair” Petra e a gata Mouche.

E, claro, não podia deixar de comentar sobre Zach: um fofo, lindo, querido, “amorzinho”. Nos deixa sonhando, sem mentiras. Hahaha

De um modo geral, “Sorte ou Azar?” é um romance bem adolescente, mas nos deixa bem felizes com a história no geral e os personagens ganham um espaço nos nossos corações aos poucos. Lendo pela segunda vez, eu senti a mesma sensação boa de quando li pela primeira vez. Então, se você busca uma história bem leve e divertida, apenas para passar o tempo, leia esse livro. Tenho certeza de que será uma leitura super agradável.

sorte ou azar meg cabot livro indicação resumo brenda manea 2018 blog loucuras de julia 07

E por hoje é isso galerinha, espero que vocês tenham gostado.
Um grande beijo e até a próxima!

selo-brenda-moura


Acompanhe o blog também pelo Facebook: Loucuras de Julia


Fontes: Minha Vida Literária; Skoob

 

6 comentários em “Sorte ou Azar? (2007)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s