Cultura · diversidade · Moda · Sustentabilidade · Tá na Moda

Conheça o incrível movimento “Roupa Livre”

“A gente não precisa de roupas novas. A gente precisa de um novo olhar.”

Essa é a proposta de um movimento que vem crescendo e ganhando cada vez mais espaço… É o Roupa Livre, criado pelas sócias Mariana Pellicari, Gabriela Mazepa e Elisa Dantas.

Mariana conta ao site Hypeness que o projeto surgiu há cerca de 3 anos, após se ver em um momento de questionamento no seu antigo trabalho, em uma agência de publicidade. Na mesma época, conheceu a Gabriela e a Elisa, e a empatia foi imediata!

Logo tiveram a ideia de criar o projeto Roupa Livre, que inicialmente seria somente um evento. Hoje, ele também é a Oficina Re-Roupa, o Mapa da Mina, o Café com Costura, um aplicativo, cursos diversos, e-book, serviço de mentoria, entre outros.

Screen-Shot-2015-09-21-at-9.59.03-AM-980x520

Este incrível movimento visa tornar o consumo de moda mais consciente no Brasil, onde se produziu aproximadamente 6,7 bilhões de peças em 2015. Conheça este projeto, aproveite para se inspirar e olhar para o seu guarda-roupa com mais carinho e criatividade.

Confira a entrevista feita pelo Hypeness:

Hypeness (H): Como surgiu a ideia do movimento?

Mariana Pellicari (MP): Há pouco mais de 3 anos, eu estava questionando o meu trabalho e buscando algo novo, já que o mundo da publicidade não me realizava mais. Foi quando participei de uma oficina de Re-Roupa, com a Gabriela Mazepa. Cortar pela primeira vez um vestido e transformá-lo em uma saia e uma blusa mudou algo pra sempre dentro de mim. Juntei isso com o meu desejo de questionar o consumo como um todo e as coisas começaram a se encaixar. Eu comecei então a produzir as oficinas da Gabi e o meu interesse pela costura aumentou, até que fui fazer um curso de costura com a Elisa Dantas, d’A Costureirinha. Contei das oficinas e logo surgiu a ideia de fazermos um evento juntas.

O Roupa Livre nasceu como um evento único pensado por nós três, eu, a Gabi e a Elisa. Quase três anos depois, já foram mais de 50 atividades promovidas pelo projeto, com mais de 40 pessoas oferecendo ou apoiando atividades e mais de 1.200 pessoas participando. Estimamos que mais de 3.500 roupas tenham circulado pelos eventos que a gente já promoveu, ganhando vida nova depois deles, estendendo o seu ciclo de vida e substituindo a necessidade por mais peças novas pela criatividade em praticar este novo olhar.

Olhando de trás pra frente, percebo que o Roupa Livre cresceu de um evento para se tornar um movimento de uma forma muito natural. Não planejamos que fosse assim, mas acabou acontecendo. Fomos entendendo que além de fazer eventos e oficinas, onde as pessoas praticam e experimentam uma nova relação com as roupas, podíamos contribuir fornecendo informações e outras soluções para ajudar as pessoas a terem esse novo olhar para as roupas.

14086408_1686082561712565_6643848573674522051_o

H: O que exatamente é o Roupa Livre?

MP: É um projeto que cria alternativas à forma descartável de consumir roupas, buscando aproveitar ao máximo o que já existe pronto e ao mesmo tempo incentivar a criatividade de encontrar soluções para lidar com o excesso que temos no mundo hoje. Ele funciona através de iniciativas para que as pessoas possam criar uma relação mais carinhosa, cuidadosa e afetiva com as roupas que vestem, conectando quem busca este outro tipo de relação e propondo eventos, cursos, mentorias, livros digitais, mapeamento de iniciativas, produção de conteúdos, criação de um aplicativo de trocas e muita mão na massa.

11079049_10200542887172237_692479041434155952_n

H: Quem faz o Roupa Livre?

MP: Hoje, entre eu, Gabi e Elisa, cada uma delas toca o seu projeto individualmente, sendo que só eu segui tendo o Roupa Livre como o projeto principal. Elas seguem contribuindo para fazer o projeto rolar, porém em iniciativas pontuais. E é assim com cada iniciativa, grupos de trabalho se formam para realizar tarefas específicas. Somente eu participo e participei articulando todas as atividades até hoje. Além de mim, de forma mais fixa a Bárbara Porner, estudante de moda da UDESC, contribui articulando as oficinas, produzindo as iniciativas junto comigo, principalmente em Floripa onde moro atualmente e escrevendo para o Blog. O Henrique Rangel, nosso desenvolvedor, também tem uma contribuição recorrente e super presente. Ele é o cara dos códigos do Roupa Livre App, fazendo as trocas rolarem pelos celulares Brasil a fora. E o Larusso que é o designer do projeto e cuida de toda a identidade visual do projeto.

Captura de Tela 2017-03-24 às 09.59.11Veja a entrevista completa no Hypeness

Adorei esta ideia! *-*

E você, o que achou do projeto? É a favor da moda sustentável? 
Deixe seu comentário, vou adorar saber a sua opinião!

.

Fonte: Hypeness

 

 

Anúncios

11 comentários em “Conheça o incrível movimento “Roupa Livre”

  1. Eu acredito que moda sustentável é algo maravilhoso. Tenho uma dupla de amigas que montaram um negocio nessa linha de pensamento. Elas produzem camisetas utilizando material reciclável como garrafas pets. Além disto parte dos valores de venda são doados a instituições. O problema é que na minha opinião ficou caro o produto haha
    Mas a ideia e intenção são maravilhosas.

    Da uma olhada Julia e vê o que vc acha
    https://www.lojasintese.com.br/

    Curtido por 1 pessoa

    1. Ah, que legal! Adorei o site *-*
      E de fato os preços são salgadinhos… É que infelizmente para transformar algo em sustentável ou utilizar outros tipos de materias aumenta os gastos e consequentemente aumenta o preço final… Mas do jeito que as empresas então investindo nisso e se aprimorando, acho que em breve teremos preços mais acessíveis! rs 😀

      Curtido por 1 pessoa

  2. Nossa, adorei conhecer um pouco desse projeto e espero um dia poder participar de alguma oficina, e seria uma ótima desculpa para eu fazer uma viagem e conhecer lá rs.
    Por falar em moda sustentável tem um bate papo muito legal sobre esse assunto no Petit Comitê que é o segundo canal da Julia Petit no youtube que ela conversa com uma convidada que trabalha na área sobre esse assunto (esqueci o nome da moça agora). Se vc assistir depois, vai adorar.

    Beijos

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s