Cultura · Eco Fashion · Moda · Sustentabilidade · Tá na Moda

Moda e consumo consciente

Criado há um ano, o D.A.M.N Project utiliza peças usadas e tem como intuito incentivar o slow fashion e o consumo consciente. Eles acabam de inaugurar um espaço próprio em São Paulo (Rua Lisboa 281, Pinheiros – SP), reunindo itens de “segunda mão” de grifes famosas como Chanel, Chloé e Isabel Marant.

Daiane Conterato usa jaqueta (R$ 300) Loft 747, camiseta (R$ 125) Adidas e calça (R$ 1.260) Chanel, todas second hand. Ellen Milgrau veste blazer (R$ 150) e camiseta (R$ 150) vintage e calça (R$ 1.190) Balenciaga second hand. À venda na D.A.M.N Project. (Foto: Marcia Gamma/ styling: Raquel Lionel/ beleza: Bel Lüscher/ agradecimentos: Camila Marinho e Gucci)Daiane Conterato usa jaqueta (R$ 300) Loft 747, camiseta (R$ 125) Adidas e calça (R$ 1.260) Chanel, todas second hand. Ellen Milgrau veste blazer (R$ 150) e camiseta (R$ 150) vintage e calça (R$ 1.190) Balenciaga second hand. À venda na D.A.M.N Project. (Foto: Marcia Gamma/ styling: Raquel Lionel/ beleza: Bel Lüscher/ agradecimentos: Camila Marinho e Gucci)

Modelos como Ellen Milgrau, Daiane Conterato, Carol Ribeiro e Ana Beatriz Barros colaboram doando roupas de seus guarda-roupas. E a renda ainda é revertida para projetos sociais. Massa, né?

E por falar neste mundo da “ecoera” (de reutilização e customização), a Vogue Brasil escolheu algumas peças também neste estilo para se inspirar… Confira:

Ecoera (Foto: Márcia Gamma e Divulgação)Ecoera (Foto: Márcia Gamma e Divulgação)

1. A americana Libertine aposta na customização de itens vintage, adornados com bordados e aplicações. Suas peças estão à venda em lojas como a Bergdorf Goodman e Maxfield. A jaqueta custa US$ 2.750. 

2. A designer e arquiteta Elka Freller cria joias únicas com fragmentos de relíquias. O colar usou cacos de uma xícara de porcelana antiga (R$ 4.000). 

3. A cada par de óculos de sol que a GIV.ON vende, um exame de vista e um par de óculos de grau são doados para quem precisa. A meta da marca é impactar mais de 5.000 pessoas até 2017. O modelo acima custa R$ 321.

4. A marca de bolsas veganas La Loba, fundada pela atriz Kaline Demarchi, investe em modelos com estampas criativas e eco-friendly. Sem a utilização de qualquer insumo animal, a nova coleção tem oito variações que custam a partir de R$ 279 no laloba.com.br.

5. Mesclando retalhos e miçangas, as designers Luiza Dias e Naia Ceschin criaram uma coleção com o Instituto Arte Itaporanga, de Porto Seguro (BA), que tem suas vendas revertidas para a ONG. Os colares (R$ 169 cada) são encontrados no luizadias111.com.br.


Muito legal, né? Não sei se vocês já perceberam, mas o consumo consciente está cada vez mais presente na mídia, na moda e na cultura. O hábito de não jogar fora e tentar reutilizar algo da melhor maneira está muito presente em nossas vidas (principalmente neste estado atual de crise econômica). E isso é muito bom, devemos tentar ao máximo evitar qualquer tipo de desperdício…

O que acha sobre reutilização de objetos? Faz ou já fez esse tipo de coisa?
Comente, quero saber a sua opinião!

.

Fonte: Vogue BrasilD.A.M.N Project

Anúncios

12 comentários em “Moda e consumo consciente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s